Notas oficiais

Crise Econômica e efeitos no Mercado de Trabalho

cofecon

search geneva;">O Conselho Federal de Economia reitera sua preocupação com a ênfase dedicada aos ajustes de curto prazo da política econômica, que têm tido reflexo direto nas condições de vida de grande parte da população, concomitante à ausência de um projeto que contemple políticas capazes de pavimentar uma trajetória sustentada de crescimento.

Leia mais...

 

A Armadilha dos Juros

cofecon

store geneva;">O Conselho Federal de Economia (Cofecon) exorta a diretoria do Banco Central do Brasil, information pills por ocasião da 191ª reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), em 2 e 3 de junho próximos, a encerrar a trajetória de aumento da taxa básica de juros (Selic).

Leia mais...

Crescimento econômico do Brasil deve ser imediatamente retomado

cofecon

 

side effects geneva;">O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu em 2014, view segundo o IBGE, tão somente 0,1%, com forte desaceleração em relação a 2013 (2,7%). O Conselho Federal de Economia entende que este ritmo de crescimento de nossa economia, expresso na queda do PIB per capita de 0,7%, está muito aquém das necessidades do país e da geração de empregos.

Leia mais...

Nota Oficial do Cofecon - Morte de Eduardo Campos

Eduardo Campos

patient geneva;">É com profundo pesar que o Conselho Federal de Economia toma conhecimento do trágico falecimento do candidato à presidência Eduardo Henrique Accioly Campos. Economista, registrado no Conselho Regional de Economia da 3ª Região - Pernambuco, Campos teve destacada trajetória política como Deputado Estadual, Deputado Federal, Ministro da Ciência e Tecnologia e Governador do Estado de Pernambuco.

O Conselho Federal de Economia lamenta a perda de tão competente profissional e expressa suas condolências aos familiares e amigos de Campos, bem como dos demais ocupantes do avião acidentado.

Paulo Dantas da Costa
Presidente do COFECON

Nota do Cofecon - Zona Franca de Manaus

cofecon

prescription geneva;">O plenário do Conselho Federal de Economia (COFECON) manifesta-se favoravelmente à prorrogação dos incentivos federais concedidos ao Polo Industrial de Manaus (PIM) / Zona Franca de Manaus para até o ano de 2073, conforme a PEC 506/10 tramitando no Congresso Nacional.

O PIM tem representado uma efetiva oportunidade de desenvolvimento econômico e social, não somente para o Estado do Amazonas, mas para todo o Brasil. São mais de 124 mil empregos diretos gerados; investimentos da ordem de US$ 31,2 bilhões nos últimos três anos; e, por meio da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), uma significativa participação no processo de desenvolvimento dos estados da Amazônia Ocidental, sua área de atuação.

Leia mais...