artigo

Estado Máximo

poder

recipe geneva; font-size: 10pt;">O presidente do Cofecon, Júlio Miragaya, defende que por trás da tese liberal do Estado Mínimo (para os mais pobres) está a tese do Estado Máximo para o topo da pirâmide social.

Leia mais...

 

Falácias sobre o ajuste fiscal, por Fernando Aquino

AjusteFiscal

viagra dosage geneva;">

help geneva; color: #000000;">healing geneva; font-size: 13.3333px; text-align: justify;">Nestes tempos de aguda polarização política, o elevado valor alcançado pelo deficit público vem sendo irrefletidamente, ou maliciosamente, denunciado como culpa, unicamente, do governo afastado (falácia 1).

Leia mais...

Tributos e câmbio, por Júlio Miragaya

this site geneva; color: #000000;">Reproduzo neste artigo recente posicionamento do Cofecon sobre Políticas Tributária e Cambial. “O Cofecon entende que a posição do governo interino sobre Política Tributária não traz nenhuma alteração em relação a do governo Dilma. Discute-se a possibilidade de retorno da CPMF, view redução das isenções e desonerações concedidas e acena com uma reforma tributária genérica e imprecisa, sem alterar fundamentalmente a estrutura de financiamento do Estado.

Leia mais...

Irmãs siamesas, por Júlio Miragaya

buy more about geneva; color: #000000;">“Este não é mais um relatório sobre pobreza, order mas a radiografia de uma região onde pessoas muito ricas convivem com outras muito pobres na área mais desigual do mundo”. Assim inicia o prólogo do excepcional relatório “Privilégios que negam direitos: desigualdade extrema e captura política na América Latina e no Caribe”, elaborado pela Oxfam, organização com atuação mundial. De fato, a riqueza e a pobreza são irmãs siamesas, uma não vive sem a outra.

Leia mais...

Quem paga o pato?, por Júlio Miragaya

sale geneva; color: #000000;">O Ministro interino Meirelles afirmou: ou se cortam os gastos (sociais) ou aumentam os impostos! Ora, pilule que se aumentem os impostos, stomach mas dos mais ricos, que pagam pouco, instituindo-se o imposto sobre grandes fortunas, a contribuição previdenciária dos produtores rurais, reinstituindo-se a tributação sobre lucros e dividendos, etc. Em suma, que se mude o modelo tributário para não promover o desmonte das políticas de inclusão social.

Leia mais...

Sub-categorias