notícias

Presidente participa de debate de conjuntura na CNBB

Cofecon CNBB

O presidente do Conselho Federal de Economia, Júlio Miragaya, participou nesta terça-feira (21) de um debate sobre conjuntura econômica durante o encontro do Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O convite foi feito pelo secretário geral da entidade, Dom Leonardo Steiner. O evento reuniu a presidência da CNBB, os presidentes dos 18 regionais, os presidentes das Comissões Episcopais de pastoral, os representantes de bispos e assessores. O Cofecon também se fez presente com o coordenador da Comissão de Política Econômica, conselheiro Róridan Duarte. Mais de 70 pessoas prestigiaram o evento, que encheu o auditório. A palestra de Miragaya respondeu pela prática do Conselho Permanente da CNBB que, em suas reuniões ordinárias, sempre dedica espaço para a análise da conjuntura brasileira.

Leia mais...

 

Fórum pela Redução da Desigualdade Social no Brasil discute próximas ações

forum campanha

O Fórum Nacional pela Redução da Desigualdade Social no Brasil voltou a se reunir nesta sexta-feira, 10 de março, na sede do Cofecon, em Brasília. O objetivo do encontro foi definir os coordenadores e integrantes dos três grupos de trabalho (Comunicação e Mobilização; Produção de Conteúdo; e Articulação Política) e iniciar discussões separadas entre os membros de cada um deles para planejar as próximas ações.

Leia mais...

Cofecon participa de Frente Parlamentar em Defesa da Previdência Social

previdencia

information pills geneva; font-size: 10pt;">O Conselho Federal de Economia aderiu à Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social, que é constituída por mais de 300 deputados federais e senadores dos mais diversos partidos e 85 instituições da sociedade civil, tais como Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), Federação Nacional dos Policiais Federais, Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário e Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Unafisco).

Leia mais...

Serviços e varejo fecham o ano com contração de 5,0% e 6,2%

calculadora comjol

page geneva; font-size: 10pt;">Segundo Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada pelo IBGE nesta quarta-feira, 15 de fevereiro, o volume do setor de serviços apresentou, no mês de dezembro, crescimento de 0,6% frente a novembro, na série com ajuste sazonal, após ter registrado alta de 0,2% em novembro e recuo de 2,3% em outubro. No confronto com igual mês do ano anterior, o setor registrou queda de 5,7%, a maior para o mês de dezembro nessa comparação desde o início da série em 2012. A taxa acumulada no ano de 2016 ficou em -5,0%. A receita nominal registrou variação de 0,5%, em dezembro frente a novembro, na série com ajuste sazonal, e na comparação com o mesmo mês do ano anterior, houve queda de 1,5%. A taxa acumulada da receita no ano de 2016 ficou em -0,1%. A publicação completa da PMS pode ser acessada AQUI.

Leia mais...

Sistema Inoperante - CNPEF

Sistema inoperante devido a migração do nosso site, visit web favor retornar dia 14 de fevereiro!