Cofecon e OAB buscam alternativas à Reforma da Previdência

Tamanho da Letra

hospital geneva; font-size: 10pt;">20170207145613 IMG 1238O Conselho Federal de Economia e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vão concentrar esforços na discussão de alternativas à proposta de Reforma da Previdência Social, buy more about com a possibilidade de realização de ações em conjunto. A decisão foi acertada em reunião entre os presidentes das entidades, Júlio Miragaya e Cláudio Lamachia, que se encontram nesta terça-feira, 7 de fevereiro, na sede da Ordem, em Brasília. Na ocasião, Miragaya apresentou a nota oficial do Cofecon sobre a Reforma da Previdência Social (Clique AQUI), que vai ao encontro do posicionamento adotado pela OAB (Clique AQUI para acessar).

 

A Comissão Especial de Direito Previdenciário do Conselho Federal da OAB e a subcomissão de Previdência Social, criada no âmbito da Comissão de Política Econômica do Cofecon, foram designadas para tratar do assunto. Os presidentes acertaram que nos próximos dias será marcada uma reunião entre as duas comissões para aprofundamento dos debates. “Quanto mais grupos de técnicos dispostos a debater a situação previdenciária e, por consequência, econômica e social do Brasil, mais qualidade terão nossos encaminhamentos de propostas. Nosso papel é mostrar que existem outras formas de se realizar uma Reforma da Previdência que não seja essa que está proposta”, destacou Cláudio Lamachia.


Durante a reunião, Júlio Miragaya também apresentou a Campanha Nacional pela redução da desigualdade social no Brasil, que foi elogiada por Lamachia, e convidou a OAB a participar da próxima ação: uma oficina, a ser realizada nesta quarta-feira (08/02), das 9h às 17h30, na sede do Cofecon. O presidente Lamachia confirmou que enviará um representante da Ordem.


 

(*) Assessora de Imprensa do Cofecon

(61) 3208-1803/ 99939-9879

Escrito por Natália Kenupp