Nota do Cofecon sobre a extinção da FEE

Tamanho da Letra

cofeconO Conselho Federal de Economia (COFECON) protesta de forma veemente contra o ato do Governo do Estado do Rio Grande do Sul determinando a extinção da Fundação de Economia e Estatística (FEE).

A Fundação de Economia e Estatística (FEE) é uma das mais tradicionais e valorosas instituições estaduais de planejamento, pesquisa e estatística do Brasil. Em seus 43 anos de serviços prestados ao povo gaúcho, tem se dedicado a notáveis estudos e pesquisas na área econômica, incluindo o cálculo do PIB sul-rio-grandense, as análises do mercado de trabalho local e os estudos de regionalização do estado, entre outros.


Integra os quadros da FEE um corpo técnico da mais alta qualificação, incluindo 36 doutores e 93 mestres, sendo mais de 60 economistas. No pacote do governo, as atividades da Fundação serão transferidas para um departamento na Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão, com evidentes prejuízos para a realização de estudos e pesquisas tão necessários ao planejamento do estado do Rio Grande do Sul.


O COFECON repudia a extinção da FEE e apela ao Governo do Estado do Rio Grande do Sul para que retire a FEE da relação de órgãos que serão extintos.


Conselho Federal de Economia